Manifesto

Os roteiros de Arte na Paisagem da Cortiçada e Linhas de Água são um manifesto de mudança sobre a paisagem do Pinhal Interior:

1. Cada obra de Arte contemporânea sinaliza um lugar específico da paisagem, nas suas dimensões geográficas e culturais

2. Cada obra de arte é uma obra arte pública, de carácter cívico, que parte do lugar, das memórias e aspirações de quem o habita

3. Os roteiros de Arte na Paisagem incluem as obras de arte e as pessoas dos lugares

4. O envolvimento das pessoas e dos lugares, desde a criação à entrega das obras, é um instrumento de alavancagem de desenvolvimento comunitário e territorial a longo prazo

5. A mudança apontada pelos roteiros de arte é de uma paisagem progressivamente reapropriada pelas suas comunidades. Neste processo de humanização da paisagem abrem-se perspectivas de desenvolvimento de valores paisagísticos e territoriais.

Um manifesto do colectivo Marta Aguiar, Mariana Costa e Sofia Marques de Aguiar

 

Roteiro de Arte da Cortiçada (2019/2020)

Roteiro nas Linhas de Água (2020/2021)

Apresentação dos projectos de Arte na Paiasagem e de desenvolvimento Territorial da equipa MAG . Marques de Aguiar, Arquitectura e Urbanismo