Apresentação dos projectos de Arte na Paiasagem e de desenvolvimento Territorial da equipa MAG . Marques de Aguiar, Arquitectura e Urbanismo.

Entre 2019 e 2021 o projecto Experimenta Paisagem promove a transformação da paisagem ardida por incêndios cíclicos para uma paisagem de usufruição através da partilha, comunicação e representação dos seus valores culturais e naturais. A valorização simultânea do património material e imaterial concretiza-se na criação de dois roteiros de Arte na Paisagem, Cortiçada e Linhas de Água, como manifesto de mudança da paisagem do Pinhal Interior em Portugal. As 5 obras de arte contemporânea sinalizam e valorizam o património geográfico e cultural de lugares da paisagem através do acesso livre e democrático à experiência e vivência de paisagens culturais intensificadas através destas obras.

O envolvimento das pessoas e dos lugares, da criação à entrega das obras, é um instrumento de desenvolvimento económico, comunitário e territorial a longo prazo. A promoção do reencontro das comunidades com os seus territórios abre novas perspetivas de fixação da população e de desenvolvimento de valores patrimoniais.